//
Você está a ler ...
Actualidade, Geral, Saúde

Novas oportunidades para os profissionais de saúde

Numa altura em que a esperança no futuro, sobretudo para os mais jovens, parece algo pouco mais que utópico, nomeadamente junto dos profissionais de saúde portugueses, há algo que me parece importante ter em atenção: a vida de alguém com formação na área da saúde não tem, obrigatoriamente, que se confinar ao ambiente clínico tradicional.

Se é verdade que os cursos superiores na área na saúde são muito técnicos, é verdade também que um curso superior deve ser, antes de tudo, um momento de desenvolvimento intelectual que permitirá ganhar competências diversas que poderão ser depois utilizadas em diferentes contextos.

Eu próprio, depois de uma licenciatura em fisioterapia, resolvi mudar de carreira, o que me levou a frequentar um MBA em full-time, divergindo nesse momento para uma carreira mais ligada à gestão e à criação de negócios. Contudo, parte dos ensinamentos obtidos durante a minha licenciatura continuam a ser-me úteis, desde logo porque parte da minha atividade empresarial está precisamente ligada à fisioterapia. Ou seja, se não fosse fisioterapeuta, porventura não teria consigo avançar com os meus projetos empresariais.

E, curiosamente, à medida que conheço mais pessoas, nacional e internacionalmente, vejo cada vez mais casos destes; profissionais de saúde com responsabilidades a nível da gestão, seja gestão de equipas, gestão de projetos ou gestão de produtos. E, insisto, o facto de terem formação na área da saúde não é um handicap; pelo contrario, é uma vantagem competitiva.

Na Bwizer, grande parte das pessoas que aqui colabora,  direta e indiretamente, apesar de desempenharem funções a nível do marketing, back-office ou operações, têm formação de base na área da saúde. Temos fisioterapeutas, uma psicóloga e, mais recentemente, contamos com a ajuda de dois enfermeiros como gestores de produto.  É uma equipa crescentemente heterogénea e por isso, crescentemente interessante.

É pois fundamental que cada um tenha noção dos seus fatores de diferenciação (reais e potenciais) e os utilize adequadamente, tentando assim encontrar o seu caminho de sucesso.

Insisto: se é verdade que as oportunidades para os profissionais de saúde, em contextos tradicionais, estão a escassear, tenhamos noção que há inúmeras oportunidades que estão aí para serem aproveitadas. E, apenas para dar uma pista que não desenvolverei neste texto,  chamo a atenção para o tema da “digital health”, a convergência entre a saúde e o digital, uma área que põe em contacto profissionais de saúde e engenheiros, desde logo. É uma área com um potencial incrível e que está já, em todo o mundo, em ritmo acelerado de crescimento. E é, obviamente, uma área que não existe sem profissionais de saúde…

O futuro pode não ser fácil – não nego as evidências contudo, cabe a cada um de nós encontrar caminhos alternativos. E, no caso dos profissionais de saúde há, felizmente, inúmeras opções. Votos de sucesso!

(Hugo Belchior, é o Director e um dos co-fundadores da Bwizer e periodicamente irá contribuir para o enriquecimento deste espaço. )

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: