//
Você está a ler ...
Actualidade, Bwizer, Cursos, Fisioterapia, Saúde

Osteopatia, Cadeias Lesionais, Quiropraxia e Posturoterapia

Osteopatia, Cadeias Lesionais, Quiropraxia e Posturoterapia – se estes nomes o assustam é porque ainda não conhece os benefícios que as técnicas mencionadas podem representar para o profissional de saúde, nomeadamente para o fisioterapeuta.

Talvez ainda associe a Osteopatia a uma série de preconceitos sem sentido. Não, não se trata de uma medicina alternativa pouco credível, subjetiva e não fundamentada. Pelo contrário: a validade da osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela Organização Mundial de Saúde. Foi desenvolvida em 1874 por Andrew Taylor Still, médico nos Estados Unidos, baseada no pressuposto de que o corpo humano é um sistema capaz de se autorregenerar, sendo o dever do osteopata eliminar os fatores que o impedem de funcionar de forma saudável.

osteopatia1

Atualmente, a osteopatia é definida pela Associação Portuguesa de Profissionais da área como um sistema  de cuidados de saúde que, através da terapia manual, possibilita o tratamento de doenças resultantes de irregularidades da estrutura do corpo. O paciente é avaliado de forma global: o osteopata foca-se na causa da lesão, e não nas suas consequências. Aplica-se no tratamento de uma ampla gama de problemas: contrações musculares, dores articulares, tendinites, dor de cabeça, dor de costas, dores agudas causadas pelo stress, dores crónicas, asma… e destina-se ainda ao tratamento de patologias de um público muito especial: os bebés!

osteopatia4O osteopata procura sempre tratar a origem dos problemas porque, em muitos casos, a dor numa zona do corpo não indica, necessariamente, que o problema primário seja naquela região. Esta perspetiva holística do corpo humano está muito associada às Cadeias Lesionais: como num “efeito dominó”, ocorrem alterações funcionais de diversos segmentos em decorrência de uma lesão inicial, até o paciente sentir dor numa determinada zona – muitas vezes bem afastada da origem do problema.

Sendo também uma técnica de terapia manual reconhecida pela OMS, a Quiropraxia foi criada nos Estados Unidos pelo Dr. Daniel David Palmer, com ênfase no alinhamento da coluna vertebral
quiropraxiae na sua relação com o sistema músculo-esquelético. O profissional de Quiropraxia dedica-se à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento das alterações de má posição articular, que interferem na função normal de músculos e nervos, nomeadamente hérnias discais e ciatalgias.

Também a Posturoterapia se foca na causa da dor, tendo como objetivo a reabilitação do paciente num curto espaço de tempo. Foi desenvolvida pelo fisioterapeuta e osteopata Dr. Dominique Lippens, da Bélgica. A técnica de terapia manual restabelece o equilíbrio postural do paciente, pela identificação da chamada lesão primária, liberando a compressão articular, além de reinstituir a mobilidade da cadeia muscular lesionada.

Porque na Bwizer consideramos as diferentes técnicas mais-valis complementares à formação do fisioterapeuta, apresentamos “Terapia Manual Segundo o Conceito Osteopático”, um curso extraordinariamente diferenciador, que junta um elenco de formadores com um know-how absolutamente fora do comum.

Saiba mais e inscreva-se em http://bit.ly/1mfYnfl.

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: