//
Você está a ler ...
Actualidade, Bwizer, Geral, Saúde

Para os Recém-Pais (por Mª João Alvito)

Hoje é o Dia do Pai e, para comemorar esta data tão especial, a Bwizer propôs a Maria João Alvito, fisioterapeuta de referência na área materno-infantil, que escrevesse um pequeno texto de incentivo aos recém-pais:

pai

Respire fundo, sente-se ou deite-se numa posição confortável e leia este texto com a felicidade de quem vai ser pai, ou já o é há pouco tempo, e está ligeiramente perdido!

Se ainda não é pai…

A barriga da mãe está a crescer a galope! Ao longo destas últimas semanas o peso do bebé vai induzir à mãe: sensação de maior cansaço nas costas e nas pernas,  menor resistência física, dificuldades em arranjar uma posição confortável para dormir, muitas idas à casa de banho, algumas contrações uterinas de treino, assim como uma sensibilidade à flor da pele. Encham-se de mimos: aprenda com ela a massajar as costas e pernas (numa posição confortável) e partilhe as tarefas domésticas com muita criatividade. Namorem, deixem as lojas de bebé para depois do bebé nascer e ocupem o vosso tempo com atividades que vos dão prazer aos dois!

Quando o bebé nasce…

Parabéns! A emoção de ter o seu filho nos braços vale tudo! Instantes mágicos da existência humana onde as palavras não descrevem a emoção de ser pai! Choros e risos à mistura uma das maiores ressacas da vida!

Não vem com livro de instruções! Dava jeito, mas só com a rotina do dia –a- dia é que vai descobrir o que ele quer, o que gosta, o que o incomoda. As interações, brincadeiras que estabelecer com ele revelarão pormenores das sua personalidade.

Tem medo de não estar à altura deste bebé pequenino (porque o ama muito) … sossegue que está! Um pai é o melhor brinquedo…sem prazo de validade e resistente contra todas as quedas!

pai mae e bebe

Mimar a mãe

Cheia de alegria com o bebé mas cansada devido aos horários trocados; sensível á “flor da pele” pois as hormonas ainda não regularizaram os seus níveis. Uma mistura de alegria e tristeza ao mesmo tempo são os sinais de uma recém – mãe! Não exija demais pois ela também está a descobrir quem é este bebé .

Entre fraldas e mama há que criar espaço para os dois. Apesar de no início acharem que não conseguem deixar o bebé um segundo sozinho, há que preparar esse momento com uma avó ou com uma amiga e gozem os dois essa saída. Quando voltarem a ver o bebé vêm com a bateria carregada! Para tal não se esqueçam de preparar o saco com mudas de roupa suplentes…e, claro, com o leite materno congelado e /ou biberons!

E quando o bebé chora?

O choro é a linguagem preferida do seu filho. Tem significados diferentes: dor, desconforto, fome, hiperestimulação (está cheio de receber estímulos auditivos ,visuais ,tácteis , desorganização do meio ambiente), hipoestimulação (está abandonado, sozinho sem companhia para estabelecer interações sensoriais, brincadeiras, vocalizações ) … frustração (ex. não consegue manipular, interagir com um brinquedo oferecido ). Com o passar dos dias e com ajuda da mãe, vai codificá-los a todos pois muito antes de um bebé falar a língua materna utiliza o chora para expressar as suas necessidades físicas e emocionais. Tal como você sabe o que a mãe tem através da sua linguagem não verbal qualquer pai descobre o que um filho comunica.

Tempo de mudar a fraldapai1

Já há fraldas descartáveis! Pode já começar a treinar para mais tarde se tornar um “expert” na matéria. De dia ou de noite no carro ou em cima do muda fraldas!

Embora não lhe pareça o tempo de “mudar a fralda” é um tempo de ternura onde vai aproveitar para “namorar” o seu filho, brincar com ele muitas vezes e deixar a pele do rabinho respirar ar puro! Não exagere nos cremes.

Gerir a rotina familiar

Divida as tarefas com a mãe esqueça o relógio durante os primeiros dias para não se frustrar. Façam uma lista das prioridades domésticas e deem algumas aos familiares e amigos para eles vos ajudarem!

O meu filho vai gostar de futebol?

Ele ou ela não nascem com o equipamento!  Pode pô-lo ao colo enquanto vê os desafios na televisão… mas cuidado quando der saltos e insultar o árbitro!

No próximo Natal já lhe pode comprar uma bola e aos poucos treinarem os dois. Todos os dias pratique desporto com o seu bebé, aproveite as rotinas de mudar a fralda, dar banho, por a arrotar para exercitarem todas as partes do corpo. Os bebés adoram os movimentos com ritmos marcados pela voz dos pais. Eles são seres sociais desde que nascem…

Fisioterapeuta Mª João Alvito

olamama

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: