//
Você está a ler ...
Cursos, Fisioterapia, Formação, Geral

Terapia Manual Segundo o Conceito Osteoetiopático

Há curso que se destacam.

Cursos que são extraordinariamente diferenciadores.

São-no porque conjugam um elenco de formadores com um know-how absolutamente fora do comum, porque apresentam temas que impactam claramente na prática clínica, e porque são completos ao ponto de quase se equipararem a uma formação superior.

Terapia Manual Segundo o Conceito Osteoetiopático” é um desses cursos.

E é fácil compreender porquê.

 

1)      Porque a Osteoetiopatia é a abordagem mais completa da Terapia Manual

osteo111Segundo Dominique Lippens, criador do conceito e formador Bwizer, a osteoetiopatia é uma abordagem diagnóstica e terapêutica dos desequilíbrios posturais que levam às restrições de mobilidade. Para tratar estes problemas, aplicam-se as técnicas mais eficazes da terapia manual: Osteopatia, Quiropraxia, Posturoterapia, Cadeias Musculares, Cinesiologia Aplicada, Cyriax e Trigger Points, entre outras.

De acordo com este conceito, o profissional de saúde deve ser capaz de avaliar os diferentes tipos de dor e disfunção, identificando e tratando a causa real do problema. De facto, por vezes a dor sentida pelo paciente numa parte do corpo não significa, necessariamente, que a origem do problema se situe nessa região. É essa visão holística do corpo humano que a osteoetiopatia defende.

A autonomia no tratamento é também um dos principais objetivos desta metodologia, pois pretende-se que o osteoetiopata consiga ser totalmente autónomo na sua prática clínica. É neste sentido que o curso se afigura, pela sua abordagem extremamente completa, uma mais-valia diferenciadora no currículo de médicos e fisioterapeutas.

 

2)      Porque conta com a presença dos melhores formadores nacionais e internacionais 

DSC_0622

Em parceria com a notável academia belga Académie de Thérapie Manuelle et Sportive (ATMS), contamos com o conhecimento de Dominique Lippens, o criador do conceito de oesteoetiopatia e referência internacional na Terapia Manual. Saiba mais sobre a vasta experiência de Lippens em http://bit.ly/1kcGzwg.

A formação será ainda lecionada por mais cinco formadores reconhecidos na área, em Portugal e noutros países: Nicolas Robillard, Hélder Monteiro, David Almeida, Gonçalo Félix e Xavier Debrander, para que os alunos tenham a possibilidade de aprender, sempre, com os melhores.

 

 

3)      Porque se trata de uma formação diferenciada e certificada, reconhecida internacionalmente

“Terapia Manual Segundo o Conceito Osteoetiopático” terá uma duração de 2 anos e, após a conclusão dos 12 módulos e do exame final teórico e prático, o formando terá acesso ao diploma em Osteoetiopatia (DOe) da ATMS.

Não deixe passar esta oportunidade, que se inicia já a 30 de maio, no Porto. Inscreva-se em http://bit.ly/1iSawBh.

 

 

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: