//
Você está a ler ...
Bwizer, Cursos, Fisioterapia, Formação

Anatomy Trains® – Um mapa de conexões em constante movimento

“Anatomy Trains” é um mapa único de conexões anatómicas – ligações miofasciais de todo o corpo. Este conceito une cada músculo em complexos grupos funcionais dentro dos planos fasciais – cada um com uma anatomia e função definida dentro do movimento humano.

“Anatomy Trains” leva a novas estratégias holísticas para melhorar a estabilidade, coordenação e resolver compensações de longa data nos padrões posturais e de movimento.

Desenvolvido pelo au10492239_10152485061064420_7260216981111100513_ntor e “bodyworker” Thomas Myers na década de 90, “Anatomy Trains” foi bem recebido e colocado em uso por diversos profissionais da saúde – fisioterapeutas, personal trainers, massagistas, atletas e treinadores, professores de pilates e yoga, quiropratas e osteopatas – qualquer profissional interessado em efetuar mudanças duradouras na estrutura do corpo e no seu movimento, recorrendo à visão inovadora de como o corpo regula a sua biomecânica.

Este conceito irá dar-lhe uma nova compreensão de todo o corpo, tanto a nível postural e funcional, ou seja, a interacção do movimento com a estabilidade. Compreender o ‘Superficial Back Line’ como um todo dar-lhe-á sinais sobre problemas a nível dos isquiotibiais que são impossíveis de identificar se avaliarmos este grupo muscular de forma individual. Da mesma forma, o ‘Spiral Line’ mostra como resolver compensações rotacionais de uma forma que nenhuma outra análise de qualquer músculo único pode dar.

A partir da célula individual para o contexto social e cultural, os responsáveis por este conceito investigam a morfogénese, assim como morphostasis e morphokinesis – como é que nós tomamos a nossa forma, como podemos ficar presos, e como amadurecemos e crescemos de forma a ultrapassar tais restrições. Chama-se a isto de ‘Medicina Espacial‘ – como é que vamos otimizar as relações mecânicas do corpo – ou reparar lesões ou melhorar o desempenho? O contexto geral é melhorar a nossa ‘KQ’, ou seja, a nossa “Kinesthetic Quociente”, ou inteligência corporal.

Descubra mais sobre este método inovador e amplie a sua visão no curso de “Anatomy Trains” em Outubro no Porto: http://bit.ly/1jNCCNx.

fonte: http://www.anatomytrains.com/ 

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: