//
Você está a ler ...
Bwizer, Cursos, Fisioterapia, Formação, Saúde

Sinergia entre Medicina Tradicional Chinesa e Medicina Ocidental | por Alcino Duarte

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é um sistema terapêutico com maicopia_e354ba18d1d52ce43512b6501ca5c212s de 5000 anos. Esta medicina milenar é formada por vários troncos ou vertentes que lhe dão corpo e existência. O tronco mais conhecido é o da Acupuntura; no entanto, há muitos outros, como é o caso da Fitoterapia, Moxibustão, QiGong, Tui-na, Dietética, etc.

Ao nível das patologias, a MTC é tão complexa e específica como a Medicina Ocidental. As duas partem de pontos divergentes de observação do paciente (energético e somático, respetivamente), mas ambas se esforçam para convergirem para um ponto comum, que é o restabelecimento da saúde do paciente.

Assim, o melhor para o paciente será a convergência e interação entre estes dois métodos terapêuticos. Para os profissionais (Medicina Natural e Clássica), será muito benéfico, pois, terão possibilidade de interagir em alto nível no que respeita à pesquisa laboratorial e clínica.

A Acupuntura, por exemplo, isto já constatado por profissionais de Medicina Clássica, é espantosa a funcionar com anestesia/analgesia, a tratar lombalgias crónicas. Assim, a MTC, para além de poder ser utilizada em algumas situações agudas, é altamente eficaz no campo da prevenção e igualmente em alguns casos crónicos (exemplos: infeções respiratórias de repetição, rinite alérgica, etc.).

Por isso, a MTC é uma medicina a que todos podem recorrer, qualquer que seja o grupo etário ou sexo. No entanto, sairá beneficiada e grandemente favorecida se for efetuada conjuntamente com a Medicina Clássica.

Tal como na Medicina Clássica, também na Medicina Chinesa existe pesquisa laboratorial, recorrendo-se para isso a voluntários humanos ou a cobaias, sendo isto mais evidente nos efeitos de alguns pontos de Acupunctura.

Apesar da sua antiguidade e provas dadas, a MTC tem ainda um longo caminho a percorrer e ainda mais nós, ocidentais, para entendermos verdadeiramente o seu mecanismo de ação, para que assim possamos ter mais e melhores resultados terapêuticos, com a ajuda desta medicina. Verifica-se, atualmente, um crescente aumento de interesse dos profissionais de Medicina Clássica na MTC e uma adesão constante do público em geral, no entanto, há que entender que a Medicina Clássica também é verdadeiramente eficazDSC_0278 e tem sofrido um avanço impressionante. A genética e as neurociências, por exemplo, não param de nos impressionar com os avanços da última década.

O encontro de culturas permitiu a difusão de ideias diferentes acerca do conceito de doença, das suas causas, abordagem e tratamento, complementando a explicação científica com uma perspetiva mais global, como é o caso da energéticaO diálogo e a conjugação de esforços dos dois tipos de medicina, no sentido de provar a sua eficácia, isoladamente ou em conjunto, vai beneficiar muito o doente, assim como a evolução do conhecimento acerca do nosso ser, na sua plenitude terrena e Universal.

Texto da autoria de Alcino Duarte, formador do curso de Medicina Chinesa para Fisioterapeutas.

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: