//
Você está a ler ...
Bwizer, Equipa, Hugo Belchior

Que força é esta que nos move? | por Hugo Belchior

10425083_10153125402814420_2630340752262241765_nBwizer. Ainda não são 9h da manhã e já algumas pessoas estão a trabalhar.

Passo por um colaborador e não se apercebe da minha chegada. Está concentradíssimo em frente a uma folha Excel, numa qualquer análise. Mais tarde, ao telefone, outro colega pressiona um fornecedor com um prazo de entrega. Mais à frente, um de nós não esconde um esgar de desalento. Alguma coisa não está a correr bem. Mas logo arregaça as mangas para voltar à carga. Numa sala, reúnem algumas pessoas à volta de um projecto de melhoria operacional.

Agora é hora de pausa e grande parte da equipa aproveita para repor os níveis de cafeína, entre dois dedos de conversa.

Chega entretanto o nosso report comercial. Um report diário. Um segundo depois, ao abrir o ficheiro, alguém dá um grito de alegria; os resultados estão melhores do que o esperado. Outro colega, por seu turno, foca-se nos resultados de um outro produto e solta um impropério: “Por que será que aquilo não corre bem?!”

Satisfeita a curiosidade e recolhidos os dados que ajudarão a tomar mais algumas decisões, fecha-se o report. E todos continuam a fazer o seu trabalho, com energia redobrada, para que o dia de amanhã seja melhor que o de hoje.

Enquanto tudo isto se vai passando, há pessoas em permanente contacto com os clientes, seja por email, telefone ou chat.  E sem perder o ânimo e a simpatia.

É já meio da tarde e temos ainda tempo para gravar um vídeo rápido, um vídeo com todas as pessoas que estão na Bwizer naquele momento. Um vídeo que talvez nunca seja do conhecimento público mas que servirá para fazer uma surpresa a um parceiro. E a gravação termina numa bela galhofa, cada um a ridicularizar a performance artística do outro.

Passa das 19h e muita gente ainda por cá anda.

Hoje sou o último a sair.; já passa das 20h. Fecho a porta e dou comigo com um sorriso. Um sorriso de quem tem orgulho no trabalho que é feito dentro destas paredes. Um trabalho que está longe de ser perfeito. Um trabalho que não me satisfaz sempre, longe disso, a começar pelo meu próprio trabalho. Mas o trabalho que um conjunto de pessoas empenhadas e dedicadas produz.

hugo2Às vezes pergunto-me o que nos move enquanto organização e o que move cada um de nós. Tenho algumas respostas mas faltam-me tantas outras. E se calhar até é melhor assim; é a beleza do que se desconhece mas se constata.

Não sei de onde vem esta força mas ela existe, e vai seguramente levar-nos longe, lado a lado com os nossos clientes. E eu, por fim, deixo o parque de estacionamento e vou para casa feliz.

Nós vivemos dos nossos clientes e para os nossos cliente. Mas vivemos, todos os dias, uns com os outros, os elementos que fazem parte da Bwizer. E, sejamos claros, nem sempre é fácil. Contudo, apesar de todos os sobressaltos que vamos vivendo, somos uma grande equipa! Hoje, essa consciência bateu-me forte.

Vamos a isso!

– por Hugo Belchior

Discussão

Ainda sem comentários.

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: