//
Você está a ler ...
Bwizer, Comunicação, Formação, Produtos, Saúde

Kinesio®  tape no Cambodja | por Debora Reis

No passado mês de Junho contamos no nosso site como fomos contactados com um desafio que nunca antes nos tinha sido lançado… Levar os rolos de Kinesio® Tape para o Cambodja!

Este foi um convite lançado por Debora Reis, Terapeuta Ocupacional e ex-aluna Bwizer, que agora conta a sua história na primeira pessoa!

Débora Reis, 25 anos, Terapeuta Ocupacional. Sou uma eterna amante de desafios, de tudo o que é, aparentemente, tido como impossível ou irrealista. Acredito que é essencial sair da nossa zona de conforto e tenho sempre presente a frase “Pensa grande!”

20150520_172542Após duas experiências internacionais na América do Sul que me fizeram acreditar que poderia marcar a diferença na forma como a Terapia Ocupacional é reconhecida em todo o Mundo, criei o projeto “Occupational Therapy around the world”, cuja missão é – inspirar experiências nacionais e internacionais e disponibilizar conhecimentos a milhares para ajudar milhões.

Ásia. Passou a fazer parte dos meus planos, enquanto alimentava a minha vontade de “querer mais”, depois da minha primeira experiência de voluntariado internacional no Brasil. Depois de analisar algumas oportunidades, e tendo em conta a minha experiência profissional em paralisia cerebral, uma das minhas áreas de eleição, escolhi o National Borey for Infant and Children (NBIC) em Phnom Penh, no Cambodja, um orfanato para crianças com deficiência, maioritariamente paralisia cerebral e poliomielite.

Com o propósito de compreender de que forma poderia tornar a minha presença uma mais valia, e considerando a minha frequência no curso de Kisenio leccionado pela Bwizer, seleccionei, entre outros, este método. Ainda que com pouca relevância na área da neurologia, estudos suportam que a aplicação de Kinesio® Tape,  associado às intervenções convencionais, pode potenciar o desempenho de utentes com paralisia cerebral. A facilidade de utilização, baixo custo e fácil transporte tornaram-se factores determinantes na minha decisão.

Com o apoio da Bwizer, levei o Kinesio® Tape para o Cambodja.

Cheguei ao Cambodja em Abril de 2015 , sozinha, com dúvidas e receios.

Paciência. Tolerância face à frustração. Perseverança.

20150529_115739São qualidades que tenho vindo a desenvolver no decorrer das minhas experiências e às quais tive que me agarrar assim que começaram os primeiros “conflitos culturais”.
Tinha a certeza que era uma questão de tempo e, apesar de ter saído de Portugal com o apoio da coordenadora, três semanas foi o tempo necessário para reuniões, demonstrações e traduções de inglês para kmer, para conseguir o apoio da diretora do National Borey for Infant and Children (NBIC) para a aplicação do kinesio® tape. Ultrapassadas as diferenças culturais, o medo do desconhecido e os desentendimentos na comunicação, iniciaram-se as primeiras aplicações. As temperaturas rondavam os 38ºC, havia muita humidade, e por isso tinha o apoio de um “assistente” que limpava constantemente as pingas de suor das crianças que nem com o auxílio de uma ventoinha pareciam desaparecer. No entanto, estava longe de ter a vida facilitada: as crianças adoeciam; as mamãs (senhoras que
trabalhavam 24h/24h) ocasionalmente tiravam o tape; e eu, Terapeuta Ocupacional, que no Cambodja me tornei
também mãe e enfermeira, não tinha mãos a medir.

Um mês de aplicações e sete crianças, foi o número máximo de crianças que consegui fazer a aplicação, uma vez que uma grande parte dos casos tinha tetraplegia espástica, comprometimento cognitivo, contraturas irreversíveis, úlceras de pressão abertas, entre outros.

Considero que seria necessário mais tempo no local, e reconheço a necessidade de capacitar/habilitar as pessoas locais (médicos e técnicos de saúde) para este novo método (ou qualquer outro que queiramos introduzir), através de ações de formação, para que entendam o trabalho e eventualmente o possam realizar, pois só desta forma é que as mudanças poderão ser tornadas de forma permanente. Acrescido ao já referido, são também necessários mais estudos que relacionem o uso do Kinesio Tape com a Paralisia Cerebral e, como Terapeuta Ocupacional, não posso deixar de sugerir a clara necessidade de mais prática baseada na evidência para melhorar a qualidade e eficiência dos nossos serviços.

deb reisAcabou esta experiência, mas a vontade de “querer mais” continua a ser alimentada.

Mais uma vez, muito obrigada Bwizer pelo apoio e por acreditar no Projeto Occupational Therapy around the world.

Continuem a seguir o movimento #otaroundtheworld.

Muito obrigada,

Debora Reis.

Poderá ler ainda mais sobre o projeto de Débora Reis “Occupational Therapy around the world” no seu website http://www.otaroundtheworld.com/.

Discussão

One thought on “Kinesio®  tape no Cambodja | por Debora Reis

  1. Olá a todos,
    Tive o prazer e o privilégio de tirar o curso de Terapia Ocupacional na mesma escola e no mesmo ano que a Débora, trabalhei com ela várias vezes ao longo do curso e dessa forma tive oportunidade de ver o seu talento, a sua dedicação e a sua personalidade fantástica.
    Só posso dizer que me sinto super orgulhosa por ti Débora, pela tua vontade de querer sempre ir mais longe! Pela tua coragem, pela tua força, pela tua curiosidade e gosto por desafios! Sabes bem que nesse aspeto somos bem diferentes, mas nem por isso deixo de sentir uma grande admiração pelo trabalho que estás a realizar e pelas barreiras que estás a quebrar!
    Admiro-te, orgulho-me de te conhecer e até podia desejar-te o maior sucesso do mundo… mas sei que não precisas disso, porque independentemente dos obstáculos que encontrares pelo caminho, eu sei que vais chegar MUITO longe e ajudar milhões como tu sempre quiseste!
    Parabéns por seres como és Débora!
    E obrigada Bwizer por apoiares estes projetos!

    Cumprimentos

    Carina Pinto
    Terapeuta Ocupacional

    Posted by Carina Pinto | Agosto 21, 2015, 18:59

Participe! Deixe um comentário ...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: